quinta-feira, 31 de março de 2011

Gibiteca Mais Cultura: Logomarca


Logomarca do projeto Gibiteca Mais Cultura... ficou lindo!

terça-feira, 29 de março de 2011

Nasceu meu sobrinho (neto) Pedro Henrique

Mais um amado na familia nasceu...filho da minha sobrinha Evellyn e do Elias Rédua. Agradecemos a Deus por mais este presente, que o Pedro Henrique seja Bem Vindo em nossas vidas.
Em sua homenagem plantamos uma árvore... agora foi um Ipê Roxo.


segunda-feira, 28 de março de 2011

Aprender!


"Aprender é descobrir aquilo que já se sabe.
Fazer é demonstrar que você o sabe.
Ensinar é lembrar aos outros que eles sabem tanto quanto você.
Somos todos aprendizes, fazedores, professores.
Você ensina melhor o que mais precisa aprender."
(Richard Bach)

Professor provocador!


Crescer não é fácil, né? Crescer e ficar com ares de criança é mais difícil ainda. Não falo daqueles adultos infantilóides que se fantasiam de crianças que não existem e falam estranho. Falo da poesia nas relações, como as que vivem as crianças. Eu sempre tento enxergar as coisas, senti-las como quando era pequeno. O mundo era repleto de surpresas. Surpresas que nos faltam hoje em dia. Surpresas que transformam diariamente as relações. Coisa boa é sempre descobrir, no mundo, nas pessoas e nas histórias e geografias que nos cercam, coisas novas possíveis de serem reinventadas... com olhares, gestos, toques, conversas, músicas, movimentos...

Ter um olhar de criança, um olhar que se surpreende, é poder contar com a ajuda dos outros. É saber que os outros têm um papel fundamental em nossas vidas. É saber que os outros se flexibilizam por você, que podem entender suas aflições, entender o que sente e lhe ajudar sempre. Mostrar para as crianças que a surpresa é a melhor forma de espantar a resignação, a robotização do pensar e a docilização dos corpos, de ensinar a caminhar por rotas de fuga, linhas de escape e fissuras que podem nos levar para um campo mais liberado das relações e mais leve daqueles impostos pelas rotinas dos dias atuais.

Bem, criança adora deslocar o outro. Coisa que professor deveria fazer sempre. Deslocar significa fazer com que o outro encontre seus argumentos e reconstrua o lugar que estava. Criança desloca e, com isso, cresce! Deslocamento provoca crescimento.

Sempre devemos pensar, enquanto familiares e professores, que tipo de deslocamento provocamos nas crianças. Penso sempre na figura de um nômade, de um cigano, de um itinerante. Alguém que caminha, que se move, que anda em bando, que faz leituras das culturas, que as acomoda por um tempo e depois vai embora, levando somente o que interessa, o que é possível se tornar experiência sensível de vida. Devemos pensar se fazemos o pensamento das crianças caminharem, dançarem. Pensamentos que vão para além dos territórios marcados das didáticas educacionais tão pregadas pelos manuais de educação, pelos receituários da literatura infantil e dos apostilados embrutecedores que pipocam nas escolas país adentro.

Temos de pensar sempre nas respostas que oferecemos aos outros, às crianças. Respostas que só servem para anular a possibilidade de elas continuarem perguntando coisas, de continuarem a se surpreender com as descobertas. Imaginem quantas descobertas um adulto pode fazer durante um dia! Mas nem nos lembramos do que descobrimos, pois, ao descobrir algo, imediatamente o colocamos à prova, checamos, atribuímo-lhe utilidades e o colocamos na fragmentada caixinha do pensamento. Crianças não fazem isso... tudo o que descobrem pode virar expressão, canção, brincadeira, movimento, poesia...

Deslocar e se surpreender! Coisa que depende daquele que provoca... Professor é provocador! Alguém que não deve ter respostas para tudo, deve sair do campo da mediação, que pressupõe respostas e condutas corretas. Um professor-provocador seria aquele que aparece, lança uma idéia, surpreende aquele que escuta e sai de cena... para que o outro possa criar formas próprias de se relacionar com o mundo.

Como as provocadoras-crianças! Criança faz pergunta e nos deixa de queixo caído, age de forma que não esperamos, foge a todo custo das categorizações médicas e escolares. Escapa dos discursos de infância apregoados pelos tratados de uma pedagogia pobre de cultura.

Ver o mundo com olhares de criança nada mais é do que continuar a ver o mundo como se fosse a primeira vez... sem colocar as coisas em seus devidos lugares, pois os mesmos não existem. Sem essa necessidade por classificar e julgar que os adultos carregam consigo e os faz pensar que colocar um terno é mais importante do que rolar um bambolê por aí.

É justamente por conta da falta de habilidade de criar surpresas e deslocamentos que pais e mães esperam tanto de suas filhas e filhos... e se frustram tanto! Sem contar com as escolas, que também esperam de seus estudantes. Esse tipo de relação de expectativa é o que faz com que meninos e meninas se sintam tão pressionados, tão cobrados e tão sufocados!

Vamos tentar ver o mundo com olhos de surpresa e com o pensamento andando por relações. Investir nesse pensamento é acreditar que a educação vale para alguma coisa. Acreditar nisso é a chance que damos aos nossos parceiros da vida para que se tornem mais próximos de nós. Começar com o pensamento que habita as micro-relações, as pequenas relações. Transformar o que pensamos é enxergar o todo diferente... ao invés de "mudar o mundo", seria "mudar um mundo"... um de cada vez. Recriar as relações e se abrir para a novidade do outro. É a nossa chance de criar um mundo com mais possibilidades de interação!

Fonte

sexta-feira, 25 de março de 2011

Ser psicólogo


Lindo texto que encontrei, parabéns a Walmir Monteiro, que conseguiu colocar no papel a arte de ser psicólogo.

Ser psicólogo é uma imensa responsabilidade.
Não apenas isso, é também uma notável dádiva.
Desenvolvemos o dom de usar a palavra, o olhar,
as nossas expressões, e até mesmo o silêncio.
O dom de tirar lá de dentro o melhor que temos
para cuidar, fortalecer, compreender, aliviar.

Ser psicólogo é um ofício tremendamente sério.
Mas não apenas isso, é também um grande privilégio.
Pois não há maior que o de tocar no que há de mais
precioso e sagrado em um ser humano: seu segredo,
seu medo, suas alegrias, prazeres e inquietações.

Somos psicólogos e trememos diante da constatação
de que temos instrumentos capazes de
favorecer o bem ou o mal, a construção ou a destruição.
Mas ao lado disso desfrutamos de uma inefável bênção
que é poder dar a alguém o toque, a chave que pode abrir portas
para a realização de seus mais caros e íntimos sonhos.

Quero, como psicólogo aprender a ouvir sem julgar,
ver sem me escandalizar, e sempre acreditar no bem.
Mesmo na contra-esperança, esperar.
E quando falar, ter consciência do peso da minha palavra,
do conselho, da minha sinalização.
Que as lágrimas que diante de mim rolarem,
pensamentos, declarações e esperanças testemunhadas,
sejam segredos que me acompanhem até o fim.

E que eu possa ao final ser agradecido pelo privilégio de
ter vivido para ajudar as pessoas a serem mais felizes.
O privilégio de tantas vezes ter sido único na vida de alguém que
não tinha com quem contar para dividir sua solidão,
sua angústia, seus desejos.
Alguém que sonhava ser mais feliz, e pôde comigo descobrir
que isso só começa quando a gente consegue
realmente se conhecer e se aceitar.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Gibiteca Mais Cultura: Logomarca


O Ponto de Cultura Gibiteca Mais Cultura ainda não tem um slogam, uma forma, nem cor.

Você pode criar uma logomarca usando qualquer recurso: papel, tecido, tinta, caneta, lápis, giz de cera, fotografia, computador…

Basta representar os objetivos do projeto através de imagens, letras, palavras.

sobre o Ponto de Cultura:

É um projeto que valoriza e impulsiona a cultura local partindo de ações que já existem nas comunidades. O Ponto de Cultura Gibiteca Mais Cultura faz parte da rede estadual e de uma rede nacional de pontos, o que possibilita muitas trocas culturais.

Contato: Ronilço (67) 9996 5748

Homenagem ao povo sofrido do Japão


Minha oração e meu respeito ao povo guerreiro do Japão...

O tempo nos leva muitas coisas, mas tem coisas que so o tempo nos tras de volta.

domingo, 20 de março de 2011

A felicidade existe....


Hoje acordei recordando fatos e pessoas... quando trabalhava no Hotel Campo Grande, conhecia um sábio senhor, o "Seu Soter", já falecido... ele todos os dias bem cedinho passava na recepção e ficava conversando comigo, falava sobre vida... um dia ele me disse que A FELICIDADE EXISTE, EXISTE SIM... A POMOS SEMPRE ONDE QUEREMOS, MAS NUNCA A POMOS A ONDE ESTAMOS...

Gravei esta frase e sempre que posso trabalho ela nos meus treinamentos...

Na verdade, o texto faz parte de uma poesia de Vicente Carvalho.

Felicidade

Só a leve esperança, em toda a vida,
Disfarça a pena de viver, mais nada:
Nem é mais a existência, resumida,
Que uma grande esperança malograda.

O eterno sonho da alma desterrada,
Sonho que a traz ansiosa e embevecida,
É uma hora feliz, sempre adiada
E que não chega nunca em toda a vida.

Essa felicidade que supomos,
Árvore milagrosa, que sonhamos
Toda arreada de dourados pomos,

Existe, sim : mas nós não a alcançamos
Porque está sempre apenas onde a pomos
E nunca a pomos onde nós estamos.

sábado, 19 de março de 2011

Ser Feliz!


Acorde todas as manhã com um sorriso.
Esta é mais uma oportunidade que você tem para ser feliz.
Seja seu próprio motor de ignição. O dia de hoje jamais voltará.
Não o desperdice, pois você nasceu para ser feliz!
Enumere as boas coisas que você tem na vida.
Ao tomar consciência do seu valor,
você será capaz de ir em frente com muita força, coragem e confiança!
Trace objetivos para cada dia.
Você conquistará seu arco-íris, um dia de cada vez.
Seja paciente.
Não se queixe do seu trabalho, do tédio, da rotina,
pois é o seu trabalho que o mantém alerta,
em constante desenvolvimento pessoal e profissional,
além disso o ajuda a manter a dignidade.
Acredite, seu valor está em você mesmo.
Não se deixe vencer, não seja igual, seja diferente.
Se nos deixarmos vencer, não haverá surpresas, nem alegrias.
Conscientize-se que a verdadeira felicidade está dentro de você.
A felicidade não é ter ou alcançar, mas sim dar.
Estenda sua mão. Compartilhe. Sorria. Abrace.
A felicidade é um perfume que você não pode passar nos outros
sem que o cheiro fique um pouco em suas mãos.
O importante de você ter uma atitude positiva diante da vida,
ter o desejo de mostrar o que tem de melhor,
é que isso produz maravilhosos efeitos colaterais.
Não só cria um espaço feliz para o que estão ao seu redor,
como também encoraja outras pessoas a serem mais positivas.
O tempo para ser feliz é agora.
O lugar para ser feliz é aqui!

quarta-feira, 16 de março de 2011

Tenho que ser mago da vida, me tornar guerreiro!!!


Grandes guerreiros, a vida é um jogo tremendo, muito forte e as vezes muito ingrato.
Sou grato a Deus por tudo...
Hoje, muitas coisas boas aconteceram... porém, algumas decepções. Olha, ouvir chateações de pessoas que não conhecemos eu relevo, mas levar provocações de pessoas amadas é muito ruim.

Desabafo de um guerreiro, somente!

Mas sou resiliente, ja levantei, sacudi a poeira e dei a volta por cima.

Sucessooooooooooooo

sexta-feira, 11 de março de 2011

kits musicais e de literatura são entregues aos novos Pontos de Cultura


Campo Grande (MS) – O governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), realiza a doação de kits musicais e de literatura, integrados por CDs, DVDs e livros patrocinados por recursos próprios da instituição e pelo Fundo de Investimentos Culturais de Mato Grosso do Sul (FIC-MS). A entrega do material acontece no próximo dias (15) às 9 horas no Museu de Arqueologia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (MuArq) no prédio do Memorial da Cultura.

Serão beneficiados com os kits os seis pontos selecionados no terceiro edital de seleção para Pontos de Cultura, que são ações prioritárias e o ponto de articulações das demais atividades do Programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura (Minc), em parceria com os estados. Em Mato Grosso do Sul foram selecionados 30 Pontos de Cultura por meio de edital conveniado com o Minc. Cada ponto receberá 180 mil reais para realizar os projetos, sendo que 60 mil reais são recursos do Estado.

Os Pontos de Cultura são elos entre a sociedade e o Estado que possibilitam o desenvolvimento de ações culturais sustentadas pelos princípios da autonomia, protagonismo e empoderamento social, integrando uma gestão compartilhada e transformadora da instituição selecionada com a Rede de Pontos de Cultura.

O projeto Sapicuá Pantaneiro, um dos selecionados para ser um Ponto de Cultura, tem uma grande importância na região pantaneira para a cultura, a educação e a perspectiva do meio ambiente, pois uni as gerações em torno da arte e da educação, além de valorizar a cultura pantaneira. “A entrada do Ponto de Cultura é fundamental para a continuidade do Projeto, por entrar, neste momento, com toda uma infra-estrutura necessária pra que as ações do Sapicuá aconteça, nos dando total condições para trabalhar e levar nosso projeto adiante”, avalia Cláudia Medeiros, coordenadora do projeto.

Os Pontos de Cultura

Além do Sapicuá, foram selecionados ainda os projetos “Ponto de Cultura da Colônia Paraguaia”, “Gibiteca Mais Cultura”, “Fundação Nelito Câmara”, “Pajaro Campana” e “Anima Bonito”

Ponto de Cultura da Colônia Paraguaia (Campo Grande)

A Associação Colônia Paraguaia entende que a cultura paraguaia e suas tradições têm grande influência no Estado de Mato Grosso do Sul. O Ponto vai promover e desenvolver a arte teatral, ministrar oficinas das línguas Guarani e Espanhol, oficinas de músicas, dança, artesanato, culinária e formação em mídia. Inclusão da arte no processo educacional da criança e do jovem e com atenção nos idosos.

Gibiteca Mais Cultura (Campo Grande)



A Sociedade Comunitária Gibiteca, em funcionamento desde 1995, vai incentivar a leitura, a escrita, a cidadania de crianças e adolescentes por meio da Seu Ponto de Cultura. Como área predominante pretende desenvolver o artesanato, as culturas indígenas e afro-descendentes, trabalhar a inclusão digital com desenvolvimento de novas tecnologias, jogos eletrônicos, teatro, dança, literatura, biblioteca de gibis e museu do gibi.

Fundação Nelito Câmara (Ivinhema)

A Fundação Nelito Câmara dará continuidade às suas ações na área da dança, música e teatro, desenvolvidas desde 2005. A fundação vai implementar oficinas, palestras e mostras culturais nas áreas de música, teatro, audiovisual e cultura digital, além de promover ações sócio educativas que busque o desenvolvimento lingüístico e crescimento intelectual de jovens e adultos.

Pajaro Campana(Amambaí)

A Associação Cultural Amambaiense já atua nas atividades culturais no município e pretende, com o Ponto de Cultura, aprimorar as atividades com ensino do desenho artístico, modelagem com ênfase na questão da História, Cultura e tradições encontradas na região. O público alvo são estudantes da rede pública de ensino, jovens adultos e crianças em situação de vulnerabilidade social e de baixa renda.

Sapicuá Pantaneiro (Aquidauana)

A Associação Planeta Pantanal cria, com o Ponto de Cultura, um núcleo de produção artesanal de lã de carneiro, faixa paraguaia, couro e cerâmica. O Ponto tem relevância sócio-cultural pois desenvolve integralmente a geração de renda e valorizar a cultura popular pantaneira. Pretende ainda, capacitar homens e mulheres pantaneiros, por meio do artesanato, curso de vídeo e criação.

Anima Bonito (Bonito)

A Associação Amigos do Brazil Bonito já trabalha com a capacitação artesanal, geração de renda, com reaproveitamento e reciclagem e programas de educação ambiental. Com o Ponto de Cultura formará núcleo regional de registro de ações culturais e expressões artísticas com os jovens da região. Vai criar um centro de capacitação para as diferentes áreas da produção, programas e obras audiovisuais com foco no cinema de animação.

quarta-feira, 9 de março de 2011

To di bem com a vida!


Hoje estou assim....

Tô de bem com a vida, tô de bem com a vida,
Tô de vento em pôpa, tô de vento em pôpa,
Tô feliz pra burro, tô feliz pra burro,
Tô assim com o mundo, tô assim com o mundo (2x)

Pra estar bem da cuca, tem que ir à luta
Botar pra quebrar, não deixar parar
Tô te esperando, coração aberto
Chega mais prá perto, prá gente cantar

Tô de bem com a vida, tô de bem com a vida...

Se ficar de bode, você se explode
Se ficar à toa, a vida voa
Se faz corpo mole, alguém te engole
Ficar de preguiça, a vida toda enguiça
Hu!hu!

Tô de bem com a vida, tô de bem com a vida...

Ih! Acabou?



Sucessoooooooooooooooooooooooooooooo!

Marketing é Tudo



Adorei esta foto para trabalhar Marketing com meus alunos la do SENAI.

Começar de Novo!


"Embora ninguém possa voltar atrás e ter um novo começo, qualquer um pode começar agora e ter um novo fim” (Chico Xavier).

Lindo texto de Layr Malta vale uma leitura com reflexão!

Ele tinha uma vida regular, como todos os casais. Algumas briguinhas, desentendimentos corriqueiros tão conhecidos em qualquer casamento. Curtia um bom emprego, e em algumas vezes percebia o olhar matreiro de alguns colegas, seguidos de um sorriso de deboche. Não compreendia e também não dava importância, mas um dia veio a dura realidade. Descobriu que sua mulher tinha um caso com o patrão.
Golpe difícil de ser suportado diante de tamanha decepção e dor. Procurou o patrão para uma conversa séria e recebeu a confirmação. Voltou-se para a mulher e esta também confirmou. Não havia mais nada a ser esclarecido. Seu patrão diante da situação, agora do conhecimento de todos, não tinha porque mantê-lo no emprego. Sua mulher não precisava mais fingir e se esconder, exigiu que ele deixasse a casa. Terríveis momentos.

-Sem família,
-Sem casa,
-Sem emprego.

Conversava contando seu sofrimento para tudo que aproximava, podia ser um animal qualquer, um vegetal e até mesmo uma sombra. Perambulando pelos caminhos seguia sem destino e sem esperança até que recolhendo coisas que encontrava, como um mendigo, não percebe ao tentar limpar um dos objetos, que se tratava de uma lâmpada mágica, e PLUM, aparece o GÊNIO.
-AMO, minha gratidão por minha liberdade, pode FAZER UM PEDIDO, disse o gênio.

Assustado mas, teve tempo de argumentar: - mas não são três pedidos que os gênios atendem? – Era AMO, não é mais. Agora é somente um pedido e tem mais condições e regras AMO. – Quais? - Devo atender seu PEDIDO, mas obrigatoriamente devo atender em DOBRO seu maior INIMIGO.

-Meu maior inimigo? Mas como? -É AMO, é isso mesmo. Pensou e pediu prazo até o dia seguinte para sua decisão. O Gênio concordou.

Se ele pedisse riqueza seu inimigo seria o dobro mais rico que ele. Qualquer coisa que pudesse usar de benesses, seu inimigo seria duplamente contemplado. Pensava em seu ex-patrão e imaginava o que ele pensaria dessa situação. –Fiquei com a mulher dele, e ainda sou o dobro mais rico.

No dia seguinte ELE chega com sua decisão. Mestre Gênio quero que me arranque um olho. (Pe. Leo em RESSENTIMENTO.

Seria esta a decisão da maioria diante de uma situação em que nos sentimos prejudicados, injustiçados. Ter razão nem sempre traz FELICIDADE. Torcemos pelo insucesso daqueles que por alguma razão não nos são simpáticos. Colaboramos de alguma forma, dificultando o trabalho dessas pessoas, ou no mínimo não fazemos nada para ajudar.

Não se trata de algo fácil de resolver e nem tampouco tenho minha solução para passar aos sofredores de situações semelhantes, contudo, a ciência explica que quando damos vazão a ressentimentos, o único que paga a conta do desgaste somos nós mesmos. As conseqüências, mais cedo ou mais tarde, se manifestam na forma de um sintoma qualquer e apenas satisfazemos o inimigo. Talvez a melhor arma pudesse ser a busca de sua realização naquilo que faz agora, não importa se seja o que gostaria de estar fazendo, mas faça com toda dedicação e ardor, porque:
• Jamais teremos chance de fazer somente aquilo que gostaríamos e o mundo seria intragável se fosse assim, pois não teríamos parâmetro de comparação.
• “Vida é aquilo que acontece enquanto planejamos o futuro” (John Lennon) e você pode ter prazer no planejamento de sucesso, não de vingança.
• Nada permanece a não ser o aprendizado da experiência.
• Manter as sensações negativas da experiência leva a descargas em pessoas importantes e muitas das quais você ama.

Agora analise sua situação, seja você CHEFE, SUBORDINADO, PATRÃO, onde poderia aplicar esta reflexão.
“Lembre-se dos elogios que recebe, esqueça os insultos.

by Planeta News

sábado, 5 de março de 2011

Bom Carnaval!!!


Desejo a todos um carnaval de muita alegria, diversão e amor.

Jamais esqueçam guerreiros, que carnaval é uma festa de amigos, fantasia...não bebam, e se beber, cuidado com o trânsito... se cuidem...

Sucess
o!

quinta-feira, 3 de março de 2011

Thiago & Graciano: Sempre Guerreiros!

Foi com grande alegria e satisfação que presenciei a evolução e qualidade da dupla sertaneja Thiago & Graciano. Fiquei encantado com a brilhante apresentação realizada na aula inaugural da aprendizagem SENAI 2011.

Parabéns ao grandes guerreiros Thiago & Graciano, e quero ser parceiro nesta futura consagração da nova dupla de sucesso do MS.

Sucessoooooooooooooooooooooooooooooooooo