sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Décima edição da Cesta Básica da Cultura: Gibiteca foi contemplada!


O professor, escritor e teatrólogo Américo Calheiros, atual presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), realizou a entrega da Cesta Básica da Cultura, que este ano completou a 10ª edição. Projeto social de incentivo à leitura e à literatura regional, a iniciativa foi idealizada logo que Calheiros ingressou na Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, no ano de 2001. O projeto consiste na entrega anual de cestas compostas por livros, em sua maioria de autores regionais, que enriquecem o acervo das entidades e se revertem na ampliação e no reforço da paixão pela leitura. A Cesta Básica da Cultura tem ainda os objetivos de incentivar a formação de bibliotecas e entidades similares e reforçar as já existentes, divulgar o livro como fonte de conhecimento, enaltecer o trabalho do autor regional além de fortalecer o gosto pela leitura.

"A Cesta Básica da Cultura ultrapassa nesta edição o número de 15.350 livros distribuídos. Para consolidar essa proposta, foram realizadas parcerias com o governo do Estado, por meio de sua Fundação de Cultura, com a Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, editoras e escritores que atuam em MS”, explica Calheiros. Neste ano, 60 entidades da Capital e do interior, que atuam na área educacional e sociocultural, serão contempladas com a Cesta Básica da Cultura. Elas potencializam sobremaneira o acervo de 60 livros que integram cada cesta.

Segundo o presidente da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, Reginaldo Alves de Araújo, este é um dos projetos de difusão literária mais abrangente do Estado por distribuir centenas de títulos regionais e deixar ao alcance da população diversas obras que são produzidas anualmente em Mato Grosso do Sul. “É uma iniciativa que sem dúvida deve continuar, pois é uma ideia brilhante que movimenta a máquina literária que sacode as entidades da literatura estadual”, afirma.

Dentre os doadores de 2010, se destacam: a Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, a Associação de Novos Escritores de MS, as editoras Life e Paulus, a Escola de Conselhos da UFMS, a Fundação de Cultura de Campo Grande, o Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul, a Organização Mundial Para Educação Pré-Escolar (Omep), a Secretaria de Produção e Turismo de Mato Grosso do Sul, o ex-governador Wilson Barbosa Martins, o fotógrafo Jefferson Ravedutti mais os escritores Arthur Jorge do Amaral, Anísio Lima da Silva, Edna Kohatsu, Elias Borges, Evandro Rodrigues Higa, Francisco Fernandes de Carvalho, Jair Buchara, Jair de Oliveira, Nelson Vieira de Souza, Reginaldo Alves de Araújo e Ivone Resta Fragelli.

“Para chegar à essa 10ª edição atingindo a marca de 15 mil livros doados a diversas entidades, tenho que destacar e agradecer às importantes parcerias institucionais e principalmente aos escritores que abraçaram essa idéia. A leitura é preponderante na formação cultural de uma nação. Contribuir com isso me gratifica”, finaliza o professor Américo Calheiros.

A Gibiteca de Campo Grande foi novamente contemplada com a cesta básica da cultura. Nosso projeto recebeu todas as cestas anteriores.

Ao nobre Calheiros meu carinho e admiração!

Um comentário:

Absinto Muito disse...

Gostaríamos que conhecesse o nosso blog. Achamos que vai gostar! Um abraço!
http://absintomuitorock.blogspot.com/